Top 9 atividades não turísticas em Bali

PORTA AFORA - TAILÂNDIA (4ª TEMPORADA) (Julho 2019).

Anonim

Bali, apelidada de "Ilha dos Deuses", é um dos principais destinos turísticos do mundo. No entanto, esta encantadora ilha indonésia ainda oferece muitas atividades fora do comum. De mercados movimentados e festivais de pipas a caminhadas remotas e projetos comunitários, aqui estão 9 atividades não turísticas em Bali.

Visite um mercado local no início da manhã

Mercados em Bali são geralmente ótimos lugares para comprar lembranças baratas, como lenços, vestidos e acessórios. No entanto, a maioria dos moradores atende a esses mercados no início da manhã. Os agricultores trazem seus produtos frescos para a cidade e montam barracas por volta das 3h às 4h. Para obter os melhores itens, os visitantes devem ir ao mercado por volta das 5h. Você ficará hipnotizado pelos aromas, sons, cores e ritmo da vida local.

Participe de uma limpeza na praia

Assim que você chegar na ilha, você pode notar que, embora a infraestrutura de Bali esteja bem desenvolvida, a ilha tem um grave problema de gerenciamento de resíduos. Lembre-se de limitar o uso de itens de plástico: traga sua própria garrafa de água que você pode reabastecer em várias estações de recarga seguras. Não peça sacolas plásticas nos supermercados e fique atento ao seu consumo. Várias organizações da ilha estão tentando aumentar a conscientização sobre esse problema e tomar medidas. Eles organizam limpezas semanais, mensais e anuais. Confira Trash Hero e One Island One Voice e participe de uma limpeza de grupo se quiser retribuir a “Mama Bali”.

Vá para um festival de pipas

De maio a agosto, o vento em Bali é ideal para pilotar uma pipa. Os moradores pintam o céu de Bali com essas formas coloridas e voadores. O Bali Kite Festival é realizado em julho, uma celebração anual das tradicionais pipas balinesas. O evento convoca clubes de pipas de aldeias locais e exibe suas criações únicas - e gigantes -, misturando designs tradicionais e contemporâneos.

Sente-se em um warung local e coma com as mãos

Ubud oferece uma infinidade de opções de comida, com restaurantes e cafés com cozinha de todo o mundo. No entanto, a fim de experimentar um verdadeiro sabor da cena de comida local, saia da estrada principal, procure pequenos becos e pop em um warung local, ou um pequeno restaurante de gerência familiar. Eles geralmente se especializam em apenas alguns pratos: basko, ou caldo com almôndegas e macarrão, nasi lawar, ou arroz com jaca picada, coco, temperos locais e sangue de porco (embora você possa pular a versão “vermelha” e perguntar pelo “branco” E nasi campur, que é arroz misto com frango, legumes, ovos e tempe (um produto de soja indonésio). Seu paladar ficará em êxtase. Além disso, faça como os locais: Esqueça os talheres e use suas mãos - a mão direita, de acordo com a etiqueta local. No entanto, uma colher é permitida para o caldo.

Caminhada Mount Catur

Pairando sobre o Lago Beratan, o segundo maior lago de Bali, o Monte Catur é um dos picos vulcânicos de Bali, o quarto mais alto (2.096 metros). A caminhada até o cume começa nas cavernas de Gua Jepang, construídas por prisioneiros da Segunda Guerra Mundial, e leva cerca de três horas; o caminho é relativamente fácil de seguir. É uma alternativa ideal para a caminhada do Monte Batur. Sugestão: evite a caminhada durante a estação chuvosa (de outubro a março) porque as sanguessugas podem ser um problema.

Faça seu próprio batik

Batik é a tradicional arte indonésia de decorar têxteis com tinta de cera e líquidos, usando um método preciso. Vários lugares ao redor de Ubud realizam oficinas que oferecem a oportunidade de desenhar, desenhar e fazer sua própria camisa de batique. Imagine voltar para casa com uma obra de arte única que você projetou. Você terá uma lembrança ideal de férias inesquecíveis e um dia de mergulho profundo na arte da cultura local.

Vá a uma cerimônia local com sua família anfitriã

Reservar um quarto em uma casa de família administrada por uma família abrirá as portas místicas para a cultura atemporal de Bali e para o dia-a-dia. Sua família anfitriã provavelmente lhe dará as boas-vindas de braços abertos, e se você demonstrar interesse pelos costumes locais, você será convidado em pouco tempo para cerimônias e celebrações. O banjar, aldeias locais, tem uma comunidade apertada e os eventos acontecem todos os dias. Conecte-se com sua família anfitriã para desfrutar da experiência mais autêntica em Bali.

Dê um pouco de amor aos gatos e cães locais

Há muitos cães e gatos de rua em Bali, e a raiva ainda é um problema. É comum encontrar filhotes e gatinhos abandonados em mercados, estacionamentos ou nas esquinas das ruas. Várias organizações em Bali estão ajudando milhares de cães e gatos. Se você é um amante dos animais, ou simplesmente quer fazer algo além de nadar e beber mojitos, visite a BAWA (Bali Animal Welfare Association) e a Villa Kitty. Passe uma hora, tarde ou dia com alguns amigos fofinhos. Na maioria das vezes, tudo que eles precisam é se abraçar.

Tente não ser turista

Para evitar experiências turísticas, você deve ampliar sua perspectiva e observar o que os locais fazem. Ao viajar, você não precisa entender tudo; você simplesmente não deveria julgá-lo. Você é um convidado em um país com tradições atemporais. Respeite seus costumes, assim como você gostaria que alguém fizesse em seu país. Além disso, aprender um pouco da língua local é um longo caminho; explica muito sobre o modo de pensar da cultura local.